Assista ao trailer do filme

• Watch the movie trailer in English • Versão inclusiva (com legendas em português)

terça-feira, 03 de dezembro de 2013

Orgulho estreia em Brasília e será exibido no MIS em SP

Documentário que inova na discussão sobre o Brasil tem estreia em Brasília e volta a ser exibido em São Paulo neste fim de ano.

Dezembro, 2013 – O filme “Orgulho de Ser Brasileiro” estreia em Brasília no próximo dia 10 de dezembr. Na capital federal, o filme terá sessão especial promovida pelo CIEE na Casa Thomas Jefferson, no auditório Jacob Germano Galler da casa Thomas Jefferson, SGAN 606, Bloco B, Brasília, às 18h30, com a presença do diretor Adalberto Piotto que participará de debate logo após a exibição.

E dois dias depois, volta a ser exibido na capital paulista no Cine MIS, durante a mostra especial de final de ano do Museu da Imagem e do Som de São Paulo. A sessão será no dia 12 de dezembro, às 20h, com entrada gratuita. Os ingressos podem ser retirados com uma hora de antecedência nas bilheterias do próprio MIS.
Depois da estreia no Cine PE, em Recife, em abril de 2013, o filme de carreira e distribuição independentes, já percorreu várias cidades brasileiras e no exterior como São Paulo, Campinas, Londres, Hamamatsu, no Japão, e Fort Lauderdale, nos EUA. Ainda em dezembro, será exibido em Nova York, durante o Brazilian Film Fest. Também tem convites para exibições em 2014 na Universidade de Harvard, em Boston, no EUA, e Lisboa, Oslo e Paris numa temporada europeia.

Entre os entrevistados, gente disposta a discutir o Brasil de verdade. A escolha dos nomes partiu de uma estratégia do diretor de reunir pessoas que “já tinham dado a cara pra bater” ao defender publicamente ideias e ideais, mesmo que polêmicos, de quem já tinha se exposto. Com isso, estariam à vontade em responder de fato sobre o orgulho de ser deste país com coragem e transparência. O “Orgulho” não é mais um favela-movie, em que a miséria e a pobreza brasileiras são exploradas como a causa e o efeito de o Brasil ser o que é, no que deu errado, no que o impede de ser maior e melhor. O Orgulho de Ser Brasileiro é um filme real que avança ao buscar quem deve discutir o país porque ascendeu socialmente, porque teve acesso aos bens sociais. A miséria, uma realidade ainda, parece não comover mais a sociedade brasileira. Daí, a escolha desse novo grupo de entrevistados para tentar provocar a discussão nas classes sociais que se imaginam acima do Brasil problemático porque sobrevivem individualmente com segurança, escolas e planos de saúde privados.

Sob uma fotografia conceitual que explora vários ângulos dos entrevistados e depoimentos instigantes, o documentário é permeado por trechos do hino nacional interpretado por Badi Assad. Em um formato provocativo, promete ir muito além do “Ouviram do Ipiranga” ou do sentimento-padrão de que “o brasileiro é o melhor povo do mundo” a que todos estamos acostumamos. Reitera o que deve ser motivo de orgulho e expõe o que deve ser corrigido.

Entrevistados:

• Fernando Henrique Cardoso, sociólogo, ex-presidente da República 1995 a 2002
• Romero Britto, artista plástico radicado em Miami.
• Carlos Alberto Parreira, técnico do Brasil campeão na Copa de 1994
• Marina Silva, ambientalista, ex-senadora, ex-ministra do Meio Ambiente
• Gerald Thomas, dramaturgo, autor e escritor radicado em Nova York
• Roberto Romano, filósofo, professor de Ética Política da UNICAMP
• MayanaZatz, geneticista, diretora do Centro de Estudos do Genoma Humano, USP.
• Adib Jatene, médico, ex-ministro da Saúde (governos Collor e FHC)
• Ferréz, escritor, morador e presidente de ONG no bairro do Capão Redondo, SP
• Carlos Borges, jornalista e empresário radicado na Flórida, EUA.
• Simoninha, músico, cantor e compositor.
• Max de Castro, músico, cantor e compositor.
• Dom Angélico Sândalo Bernardino, bispo emérito de Blumenau e ativista social
• Yara Gouveia, consultora de imóveis em Miami.
• Didú Russo, colunista de vinhos, palestrante, publicitário e blogueiro.
• Badi Assad, cantora, compositora.

O filme “Orgulho de ser Brasileiro”, financiado inicialmente pela lei Rouanet, começou a ser produzido em maio de 2012 e menos de um ano depois, em abril de 2013, teve sua estreia no Cine PE.

Ficha técnica:
Título do filme: Orgulho de Ser Brasileiro
Direção, produção executiva, argumento e roteiro originais: Adalberto Piotto
Formato: documentário em longa-metragem de 87 minutos de duração
Produção: Piotto Produções

Outras informações:
Trailer promocional do filme em português e inglês disponível em www.orgulhodoc.com.br, Piotto Produções, tels: 11 9 9639 0014, 11 3871 3355 email: afpiotto@gmail.com, orgulhodocbrasil@gmail.com
Serviço:
CASA THOMAS JEFFERSON – AUDITÓRIO JACOB GERMANO GALLER – BRASÍLIA
SGAN 606 – BLOCO B – -BRASILIA. Data da exibição: dia 10/12/13, às 18h30. Inscrições pelo site www.ciee.org.br/portal/apoio/eventos

MIS – Museu da Imagem e do Som
Avenida Europa, 159, Jardim Europa, São Paulo. Data da exibição: 12/12/13.
Distribuição gratuita de ingressos na bilheteria uma hora antes da sessão.

----

Comente

Por favor, responda essa operação matemática para verificarmos se você não é um robô. (obrigatório)